sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Julia representa TODAS as crianças com seu direito à educação ferido de Caxias do Sul! Julia representa o meu filho Ângelo!

Hoje a Julia foi reconhecida na rua, por uma frentista. Quase morri de orgulho de ser mãe dessa menina. O nome dela é Julia, mas também poderia ser João, Pedro, Ângelo, Maria, Gabriela, entre tantos outros perdidos por aí, sofrendo o mesmo descaso por parte do Estado. Descaso este que também recebe respaldo dos olhos vendados de boa parte da sociedade. Estamos aqui para lembrar-lhes do pior tipo de injustiça, aquela que é cometida contra o mais fraco, contra aqueles que não tem condições de se defender sozinhos. Alguém está salvo do dia de amanhã? Não está! Por isso está na hora de colocar a mão na consciência e se posicionar um pouco no lugar do outro! Você, pai e mãe, que tem filhos "normais", gostaria que seu filho sofresse de alguma condição que o tornasse incapacitado para interagir e viver? E sofrendo desta condição, gostaria que ele fosse rejeitado onde fosse, impedido de interagir com a sociedade? Gostaria que ele fosse recebido com descaso ao necessitar de algum exame, de algum tratamento de saúde? Até onde você, pai e mãe, iriam para defender os direitos e a integridade de seus filhos? Para refletir....
Manoela Schmitt

Nenhum comentário:

Postar um comentário